Amor Amar

rascunhosinfindaveis:

Quero em teus braços estar
Entrelaçado nas entrelinhas do teu olhar

Quero contigo deitar
E ouvir susurros doces no meu ouvido com suas melodias assobiar

Quero deitar ao teu lado
Receber carinho e te fazer meu homem

Quero você mas não quero
Porque tenho medo que sejas mais um.

Não deixe

Não deixe as pessoas serem
seu alicerce.
nem as garotas jovens
nem as garotas velhas
nem os homens jovens
nem os homens velhos
nem aqueles no meio-termo
nenhum deles,
não deixe as pessoas serem
seu alicerce.

Ao invés disso
construa na areia
construa no lixão
construa na fossa
construa nos túmulos
construa na água,
mas não construa nas
pessoas.

Elas são uma aposta ruim,
a pior aposta que você pode fazer.

Construa em outro lugar,
qualquer outro,
qualquer
mas não nas pessoas,
massas
sem cabeça, sem coração
emporcalhando os
séculos,
os dias,
as noites,
as cidades, os municípios,
as nações,
a Terra,
a estratosfera,
emporcalhando a
luz,
emporcalhando todas
as chances,
aqui,
emporcalhando completamente
tudo
agora
e amanhã.

Qualquer coisa
comparada às pessoas,
é um alicerce melhor a se procurar.

Qualquer coisa.

(Bukowski)

Dores da alma

rascunhosinfindaveis:

Me pego com dores

Dores da alma
Dores do corpo
Dores que calam

Dores de outrora silenciosas
Dores de outrora berrantes-dantesca

Quero sugar o coração do mundo
Quero sugar a fome do prazer

Quero sentir prazer!

Do universo-verbal
Do universo-visual
Do universo-transcendental

Quero contemplar o ar
Sentir paixão pelo universo
Quero me apaixonar

Pela natureza do homem
Pela natureza do mundo

Pela beleza da dor
Pelo sentimento da dor.